DE ESQUECIDO A INESQUECÍVEL

Um lugar abandonado, redescoberto para se transformar no espaço multicultural mais inesperado da cidade.

_Agenda

Mirante 9 de Julho oferece programação especial de março em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

mais…

Agenda

Categorias

Período

Eventos

Show

Mirante 9 de Julho oferece programação especial de março em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

O “18h30 no Mirante” celebra o mês das mulheres com o Especial Protagonismo Feminino

 

São Paulo, fevereiro de 2019 – Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o Mirante 9 de Julho oferecerá uma programação especial para o projeto “18h30 no Mirante” de março. Com o objetivo de enaltecer o protagonismo feminino e oferecer cada vez mais espaço às artistas, o espaço multicultiral trará shows diários, de terça a sexta-feira, às 18h30, com diferentes artistas do cenário independente nacional. 

 

Para iniciar a programação, as noites de terça-feira serão embaladas pelo dueto Pacha Blue, que traz a voz da mineira Beatriz Rodarte, misturada ao som de seus tambores e ao violão de Lucas Brolese. Já às quartas-feiras, o público poderá acompanhar a apresentação do grupo 8 – O Canto das Sereias Urbanas, show autoral que surge da união de quatro mulheres musicistas. 

Para as noites de quinta-feira, o “18h30 no Mirante” traz apresentações da cantora e compositora Mila Amorim, que interpreta suas canções autorais, com letras doces e reflexivas, e covers de música brasileira embaladas pelo som de uma poderosa voz. 

 

E, para completar, o projeto de música autoral e instrumental ManaTiana recebe o público do Mirante 9 de Julho às sextas-feiras. Com influência nos ritmos cubanos, mesclados a gêneros da música brasileira e somados a linguagem do jazz, o grupo trará músicas descontraídas e dançantes, com uma sonoridade única. 

 

O projeto 18h30 no Mirante tem curadoria da agência Storymakers e acontece de terça a sexta-feira, a partir das 18h30, no Mirante 9 de Julho. A iniciativa dispõe o palco do espaço para músicos independentes para animar o fim de tarde da cidade, oferecendo um refúgio aos paulistas que desejam fugir do horário de pico. O Mirante 9 de Julho fica atrás do MASP, na Av. Paulista.


Serviço – 18h30 no Mirante | Especial Protagonismo Feminino
Pacha Blue
: terças-feiras (05, 12 e 26 de março)
8 – O Canto das Sereias Urbanas: quartas-feiras (06, 13, 20 e 27 de março)
Mila Amorim: quintas-feiras (07, 14, 21 e 28 de março)
ManaTiana: sextas-feiras (08, 15, 22 e 29 de março)

O Passado

Desde sua inauguração, em 1938, o Túnel da Avenida 9 de Julho guarda um segredo. O que era pra ser um mirante, um salão, um observatório, acabou não sendo nada durante 76 anos. Um espaço que de tão privilegiado ficou vazio a vida inteira.

Presente

O Mirante renasce como um espaço multicultural, restaurante e café aberto ao público gratuitamente. Um espaço onde diferentes iniciativas podem dialogar: arte urbana, projetos musicais, exibições de filmes ao ar livre e feiras independentes. Um lugar que celebra um novo momento de resgate da cidade e ocupação dos espaços públicos.

O que é o Mirante

Música

Projeto 18h30 traz mais música para os frequentadores do Mirante 9 de Julho. Todos os dias, de terça a domingo, a partir do horário que dá nome ao projeto, uma atração diferente. O objetivo é oferecer música boa e gratuita, em suas diversas possibilidades. As apresentações, que poderiam acontecer num grande palco, se encaixam perfeitamente nas escadarias do Mirante.

Centro Cultural

Centro Cultural é a definição que encontramos para juntar tudo o que o Mirante quer ser. O Mirante é aberto e é para todos. É popular mas nem sempre é mainstream. É praça para encontrar, mesa para trabalhar, tela para assistir, comida pra experimentar, festa para celebrar. Um centro no centro de tudo.

Co-working

Durante o dia, o Mirante é aberto como ponto de encontro para trabalho, reuniões, palestras. Um co-working sem taxa e sem frescura, um espaço pra quem precisa de um espaço no dia: mesa, internet, café e só.

Cinema

A tela é em espaço aberto. As poltronas são a escadaria. Cinema improvável como a cidade, que passa tudo menos o que já está passando por aí. Mistura estilos e programações temáticas que envolvem música e artes, para as crianças, os pais, os jovens, os modernos e quem tiver passando pela rua.

Galeria

O Mirante é mais ou menos do que uma galeria? Nem importa. Um espaço transitório para expor sem necessariamente pregar quadros. Arte imaterial, que não é bidimensional nem tradicional. Arte para projetar, para intervir, para performar, integrar os espaços e provocar o público.

Suplicy Cafés Especiais

Para o Mirante, o Suplicy traz além de seus 6 blends tradicionais de café, mais duas novidades. A primeira, um blend exclusivo para nossos frequentadores com aroma de chocolate e laranja, corpo aveludado, doçura alta que lembra caramelo, acidez cítrica de laranja e finalização que lembra marmelada. A outra é o “café do visitante” onde sempre convidam um barista diferente para trazer sua escolha. E ainda tem o café coado, com direito a refil livre. Este sempre ficará à disposição do cliente em garrafa térmica de auto serviço. Para este coado, o blend é o Torra Média e o cliente paga R$ 5.